Filmes

[Cinema] Cine Holliúdy

Depois de uma batalha épica de duas semanas para conseguir entrar numa sessão em que os ingressos de Cine Holliúdy não estivessem esgotados, eis que na última sexta feira eu e Diego conseguimos assistir ao filme. Saliento que ele estava sendo exibido em duas salas do shopping, mas a fila dobrava no piso superior do Iguatemi de tanta gente que tinha. Também foi bem difícil encontrar um lugar na sala do cinema, coisa que, pelo que me lembre, só vi acontecer na época de Homem de Ferro 3.
Detalhes sobre a luta épica à parte, vamos falar sobre o principal: o filme.  Cine Holliúdy conta a história de Francisgleydisson, um apaixonado por filmes de lutas marciais (ao melhor estilo Bruce Lee) e que está empenhado em construir um cinema em Pacatuba, um município do Ceará, nos anos 70. Nessa época, a televisão se tornava a diversão das pessoas e o cinema perdia o seu espaço. Obviamente, a trajetória do nosso protagonista não é fácil (ele encontra vários empecilhos, como o prefeito da cidade que quer abortar seu plano), mas rende bastantes risos.
Até aí, tudo bem. Porém, o grande diferencial de Cine Holliúdy é a ambientação. O jeitinho cearense está fielmente retratado no filme, desde as nossas típicas gírias (“ai dentro”, “menina espilicute”, para citar alguns exemplos) até o modo como falamos. Não bastassem as cenas (hilárias) de comédia, ver o nosso linguajar tão bem trabalhado nas telonas aumentava a sensação de proximidade e, claro, intensificava os risos. Por causa do nível “expert” de “cearensês”, o filme precisou ser legendado.

A comédia é bem suave, sem apelos, e a história do filme me lembrou um pouco Cinema Paradiso, filme italiano de 1988, por causa da forma como o amor ao cinema é trabalhado.
O filme é super divertido, e estou torcendo muito para que ele chegue aos outros estados do Brasil. Mesmo para quem não entende o linguajar do cearense, acho pouco provável que não solte umas boas gargalhadas no cinema!
(uma nota: Fernando Meireles, diretor de Cidade de Deus, elogiou o trabalho feito em Cine Holliúdy, alegando, inclusive, que Charles Chaplin ficaria de boca aberta com o filme! E, como se não bastasse, alegou que Edmilson Finho, ator que interpreta Francisgleydisson, era comparável a Oscarito! Tá duvidando? Clica aqui!)
Para completar:

 

Até a próxima!

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply