Quadrinhos

[Quadrinhos] Por onde eu começo a ler Batman?

batman-3

Olá, cambada. Feliz 2014! 😀

Vejo muita cambada nova, ou mesmo “velha”, começando a acompanhar (ou tentar) os passos do Homem Morcego pelo mundo da arte das historias em quadrinhos, e isso pode ser bem complicado dado aos numerosos volumes que existem sobre o herói. Aí, fica aquela dúvida: POR ONDE DIABOS EU COMEÇO?
Bem, pensando nisso, nas várias promoções que encontramos pela internet e nos trocentos blogs e site com informações a respeito, digo uma coisa: comece pelos encadernados. Sim, aqueles de capa dura e com um custo maior do que aqueles pequenos e avulsos exemplares que se encontram pelas bancas de revistas mundo à fora. Fiz uma pequena lista de alguns encadernados que valem a pena entrar na sua coleção. Vamos conferir?

Para início, vamos à base:

batman-ano-um-panini-2011

A primeira é Batman –  Ano Um. Com o roteiro supimpa de Frank Miller e publicada em 1987, a trama trata do primeiro ano (ohhh) da vida de Bruce como o Morcego e do encontro com o policial James Gordon, o futuro comissário de Gotham. Com a arte de David Mazzucchelli, esta é a HQ que deu base ao filme Batman Begins. Se der sorte, você encontra Ano Um em algum site de livrarias, ou mesmo na loja física. A lista que está abaixo é um “norte”, ao meu ver, para quem quer começar a ler Batman.

the-long-halloween-001

A próxima é Batman – O Longo Dias das Bruxas. Publicada na década de 90, coloca-se que O Longo Dia é a continuação direta de Ano Um, onde encontramos um Bruce mais experiente nas artimanhas, encontrando famosos inimigos como a Mulher-Gato, Duas Caras e o caricato Coringa. Colocada como umas das melhores histórias do Batman, O Longo Dias das Bruxas serviu de inspiração para os longas Batman: Cavaleiro das Trevas e o Cavaleiro das Trevas Ressurge. A HQ traz os roteiros de Jeph Loeb e a arte de Tim Sale.

vitoria-sombria-capa

Pouco tempo depois, Jeph e Tim voltaram a trabalhar em outra grande obra do Defensor de Gotham. Em meados de 1999 e 2000, os caras trabalham na minissérie Batman – Vitória Sombria. Continuando O Longo Dias das Bruxas, aqui em Vitória Sombria temos a origem do parceiro do Batman, o Robin. A HQ coloca as aventuras do Cavaleiro das Trevas alguns poucos anos após o Longo Dias, talvez três anos.

Após essa base, aqui vão outras indicações sobre as aventuras e dramas do Homem Morcego.

batman-hq-2

Lógico que não deveria faltar O Cavaleiro das Trevas. A clássica HQ publicada em 1986, com a arte e o roteiro fantástico de Frank Miller, é um grande marco no mundo dos quadrinhos. Aqui, temos uma história de futuro alternativo, onde Bruce Wayne está com quase 60 anos e aposentado há dez anos. Em sua volta ao destino do Morcego, encontramos um homem mais experiente (claro), mas mais brutal e, possivelmente, psicótico.

a-piada-mortal-capa1

Em A Piada Mortal, temos a história do misterioso Coringa, escrita pelo excêntrico Alan Moore e com a arte maravilhosa de Brian Bolland. A graphic novel mostra o lado da história de Coringa, colocando uma pressão psicológica em cima do Comissário de Gotham, James Gordon, pois basta um dia ruim para colocar a prova a sanidade de uma pessoa. Esse é aquele clássico que todo fã do Batman deve ler. É obrigatório.

eaglemoss-volume-01-batman-silencio-parte-02-capa
E a última, mas não menos importante, é a Batman – Silêncio, onde temos o retorno de Jason Todd, o segundo Robin. Com a arte de Jim Lee e o roteiro de Jeph Loeb, Silêncio traz os medos e traumas do Homem Morcego.

Então, espero que tenham gostado. E se não começou a ler nada do Batman, mas está com aquele gostinho, corra, pois você ainda encontra algumas dessas HQs em circulação. Algumas.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply