Browsing Category

Internet

Internet, Series

[Séries] Indicação: Sense8

A Netflix, mais uma vez, nos permite ter contato com uma série bem produzida (vide Demolidor, Marco Polo, Orange Is The New Black, etc). Aqui não se tem muito o que contar. Você pode achar a série cheia de propostas ousadas, com pontos que, em um primeiro momento, parecem desconexos, mas que se conectam aos poucos.

Assim, Sense8 (com autoria de Michael Straczynski  – Guerra Mundial Z – e os irmãos Wachowski – Matrix, Cloud Atlas) possui um enredo que prende o expectador e nos coloca a par de 8 pessoas ao redor do mundo que nunca se viram, mas que terão de se virar para sobreviver porque estão sendo caçadas por uma organização que os vê como uma ameaça à ordem mundial. Nada de super heroísmo, nada de poderes. Aqui sua habilidades, suas emoções e sua história de vida é que contam.

Drama e ficção sãos os pontos bases da série, que nos surpreende com seus personagens reais e com culturas e nacionalidades distintas, mas abordadas de uma maneira simples. Alemã, coreana, mexicana, africana… São inúmeras características que fazem com que você se aproxime ou tente, ao menos, criar uma conexão (sem trocadilhos) com pelo menos um dos personagens. Até mesmo os enredos secundários conseguem desenvolver empatia!

Sense8 é uma mistura de credos e morais, na qual barreiras geográficas e/ou culturais são ignoradas e 8 pessoas desconhecidas se conectam mentalmente. 8, mas também 1. Como isso é possível? A primeira temporada está no Netflix, com seus 12 episódios. Saca lá.

Super recomendada :)

Inspiração, Internet

[Inspiração] Doze fotos de ambientes de trabalho para você se inspirar!

Já faz algum tempo que penso em transformar um dos quartos daqui de casa em um escritório bonitinho (logicamente, depois de tirar toda a tralha que tô deixando acumular por pura falta de vergonha na cara). Tenho ideias sobre como quero que tudo fique, qual cor repintar as paredes (porque a tinta delas ainda é a da primeira pintura que nossa casa levou), quais estantes e mesas comprar… Enfim, a imagem mental está quase cem por cento definida.
Porém, mesmo com um direcionamento sobre o que eu quero, vez ou outra vou lá no We ♥ It para buscar inspirações para a decoração. Sério, gente, não tem como não se apaixonar pelas coisas que a gente vê lá! Dentre as várias opções que achei lá, escolhi doze para mostrar aqui. Infelizmente, não encontrei os nomes dos autores das fotografias :( Por isso, se vocês souberem, me avisem para que eu possa dar os devidos créditos! <3

(Completamente apaixonada por esse turquesa <3)

(Uma boa solução para quem gosta de anotar os afazeres ou tem criança pequena em casa que adora riscar uma parede)

(Eu <3 Fairy lights!)

(É tudo tão organizadinho e rosa que, ARGH <3)

(Quadro de inspiração – perfeito para as mentes ativas)

(Fiquei apaixonada pela forma como a pessoa organizou as imagens. A composição é maravilhosa)

(Só não curti muito o tapete de zebra, ainda que não tenha sido feito com… zebras)

(Ah, a organização <3)

(Mais fairy lights porque eu AMO!)

(Roxo com verde e laranja é puro charme!)

(Sou louca por essa paleta de cores. Tons frios me acalmam e, como quase sempre estou ligada a 220V, ambientes assim são adequados para mim)

(Sério, a organização dos livros tá uma coisa de linda! Sem contar que o lugar é super romântico e aconchegante, né?)

E aí? Como vocês imaginam que seria o lugar de trabalho perfeito para vocês? Não se esqueçam de nos contar!
Abraços!

Internet, Música

Alguém aí conhece a Lindsey Stirling?

Não faz muito tempo que eu conheci violinista Lindsey Stirling. Quem me apresentou à moça foi uma amiga, ao me mostrar esse vídeo aqui. A partir de então, passei a acompanhar (não frequentemente) o trabalho de Stirling.
Lindsey é uma violinista, compositora, dançarina e cantora. Seu amor pela música clássica começou logo cedo. Aos cinco anos, ela disse aos pais que queria ter aulas de violino. Depois de um ano de muita insistência, a mãe conseguiu arranjar um professor que lhe desse pelo menos 15 minutos de aulas diariamente. Entretanto, não imaginava que o amor que sua filha sentia pela música a levasse tão longe. Em 2010, Lindsey participou do America’s Got Talent, chegando às finais como “violinista hip-hop”.
Tendo optado por se dedicar inteiramente ao violino, Lindsey acabou largando as aulas de dança, outra de suas paixões. Porém, quando resolveu começar a postar vídeos de suas performances no Youtube, a moça encontrou um meio de unir seus dois amores. Stirling estudou o Footwork e até chegou a aprender sozinha o Moonwalker, montando coreografias incríveis.
Em setembro desse ano, Lindsey lançou seu primeiro álbum, intitulado por “Lindsey Stirling”. Atualmente, ela está em turnê pelos Estados Unidos e pelo Canadá. Há planos para uma turnê na Europa ano que vem.
(informações retiradas do site da própria violinista, que pode ser acessado aqui)

 

Os vídeos de Lindsey são extremamente bem produzidos e seu talento para com a música chega a ser invejável. Porém, sua habilidade em dançar e tocar ao mesmo tempo consegue ser ainda mais impressionante, visto que ela se movimenta com leveza e perfeição. Vejam por si mesmos:

 

Esse também foi um dos primeiros vídeos que vi dela e quase morri de amor. Logo você vê o cuidado extremo com o cenário e com o figurino que a produção tem. Contudo, o que me deixa mais encantada são as versões de músicas de jogos e filmes. Há uma tendência de ser o mais fiel o possível à obra, até os pequenos detalhes são pensados.

Este, obviamente, foi o meu favorito. Além do arranjo magnífico que colocaram nas músicas (a batida de rock ficou maravilhosa! Embora o Nightwish tenha feito uma versão mais pesada para a música tema de “O Fantasma da Ópera”, a da Lindsey também não deixa nada a desejar), o medley foi montado de uma maneira muito bacana. Além do quê, a escolha das músicas foi genial!

 

E aí? Vocês já conheciam a moça? :) Compartilhem suas impressões!